The Last of Us, simplesmente o melhor jogo da história

Publicado em: 17/06/2013

PlayStation 3

Cliques: 459

Tags: ,

Você já parou para pensar qual é o melhor jogo que você já jogou em sua vida e porque ele é merecedor deste título? A grande maioria dos jogadores das antigas terão os jogos Super Mario Bros. (SNes), Gran Turismo II (PS One), GoldenEye 007 (N64), Metroid Prime (GameCube), Halo: Combat Evolved (Xbox), Tony Hawk’s Pro Skater 3 (PS2), Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty (PS2) ou God of War II (PS2) como o melhor jogo de suas vidas.

Já os mais novatos, que entraram na atual geração no mundo dos jogos, poderão citar os títulos Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots (PS3) ou Gears of War (Xbox 360). A verdade é que todos eles, junto com dezenas de outros jogos, marcaram gerações e criaram experiências novas, únicas e inesquecíveis.

E quando tentamos escolher um jogo – como o melhor de todos – temos que pensar apenas na experiência e satisfação que ele passou na época que foi jogado. Não podemos, de forma alguma, comparar os jogos, visto que podemos ter um intervalo de mais de 20 anos entre ambos e a diferença tecnológica poderia ser um fator determinante para o desempate.

Os jogos que eu citei acima, não foram escolhidos por acaso. Eles foram, em algum momento da minha vida, o meu jogo favorito – o melhor de todos! Quando criança, jogar Super Mario Bros. no Super Nintendo era simplesmente incrível, era simples e ao mesmo tempo divertido, tudo o que uma criança poderia esperar de um console de 16 Bits. Depois, adolescente, lembro da quantidade de broncas que tomei por não desgrudar de GoldenEye 007. O que dizer então de Metal Gear Solid II? Que na época tinha gráficos de outro mundo, de tão bonitos. Ou seja, para cada jogo, uma história, uma lembrança e uma experiência diferente.

Mas, como nada na vida é para sempre, em algum momento Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots perderia o seu posto de melhor jogo que já joguei. Depois de praticamente cinco anos sem nenhuma experiência tão incrível, me deparei com The Last of Us, da Naughty Dog, jogo exclusivo para o PlayStation 3.

The Last of Us é hoje, o melhor jogo que já joguei em toda a minha vida. Lançado a apenas três dias – isso mesmo, na sexta-feira passada – ele conseguiu desbancar a melhor obra de Hideo Kojima, uma dos principais desenvolvedores de jogos da indústria. O novo jogo da Naughty Dog representa tudo o que de melhor poderia ser extraído da atual geração de consoles e só será superado na próxima geração, quando novas experiências forem criadas.

Atenção: A partir deste momento, o texto poderá conter pequenos spoilers do jogo.

O cenário de The Last of Us foi baseado em um fungo chamado Cordyceps, que ataca e mata alguns insetos (como Formigas) em floresta e os transforma em repassadores deste fungo. No jogo, este mesmo fungo evolui e agora ataca também os seres humanos, que depois de algumas horas infectados, se transformam seres irreconhecíveis, atacando e matando outros humanos. Apesar de terem um comportamento igual ao de zumbis, não podemos compara-los aos mortos vivos.

Reportagem da BBC fala sobre o fungo Cordyceps, que está em The Last of Us

Com a disseminação do fungo, a sociedade se ruiu. Cidades foram destruídas e milhões de pessoas morreram. Quem está vivo, continua lutando pela sobrevivência, enfrentando diariamente os infectados e outros humanos, em busca de comida e recursos. É neste momento que Joel, um dos protagonistas do jogo, entra na história. Ele é um dos sobreviventes do fungo e vive em um dos abrigos de refugiados. Joel exerce uma função ilegal dentro do abrigo, contrabandeando itens e comida por túneis, que dão acesso ao “mundo lá fora”.

Quando Joel encontra Ellie, uma garota de 14 anos, ele recebe o seu mais novo trabalho: Levar a garota até um grupo chamado Vaga-Lumes, que estão fora de seu abrigo. O trabalho, que parecia simples, daria a Joel muitas armas e munição, itens essenciais para sobreviver em um mundo caótico. A partir dai, o jogo realmente começa e os personagens são aos poucos explorados. Justamente no momento que Joel e Ellie se soltam no mundo, em busca de respostas, você começa a ver que The Last of Us não é apenas mais um jogo muito bom e sim, o melhor de todos eles.

Os gráficos são fantásticos e dificilmente você verá melhores na atual geração. A trilha sonora é incrível e ambienta o jogo em momentos de tensão e de tranquilidade. A dublagem dos personagens é fenomenal e mostra, a cada nova frase, a dificuldade e os sentimentos que eles estão vivendo no momento. Mas, é o enredo do jogo o principal destaque. A forma como a Naughty Dog criou The Last of Us fará você mergulhar dentro da história, sofrer com os personagens, ficar aflito com as atitudes tomadas por cada um deles e esquecer de tudo que está em sua volta.

The Last of Us 04

Seja em momentos de tranquilidade e exploração, quando você está em busca de itens para criar armas e medicamentos, seja em momentos de tensão, quando infectados e humanos estão te atacando, tudo é diferente no jogo,  que te passa uma sensações incríveis.

A Naughty Dog pensou em absolutamente tudo que pode passar em uma cabeça de uma jovem de 14 anos que vive em um mundo pós-apocalíptico e não conhece absolutamente nada e um homem que já sofreu e perdeu pessoas com a transformação da sociedade. Você passará por momentos marcantes na vida de Joel e Ellie, que normalmente não são reproduzidos em um jogo, mas aqui fazem toda a diferença. Quem ai não achou simplesmente incrível quando a Ellie começou a assobiar?

Se prepare! Quando você começar a jogar The Last of Us, você não vai parar. Neste final de semana, fiz algo que não fazia a muitos anos, passei dois dias inteiros na frente da TV jogando. Foram praticamente 9 horas seguidas no sábado, com mais 8 horas seguidas no domingo para finalizar a história. Se isso não bastasse, mesmo tendo ficado diversas horas explorando os cenários, não coletei nem 40% dos itens do jogo, coisa que farei em minha segunda jogada que começará ainda hoje.

Em resumo, se você ainda não comprou The Last of Us, compre e jogue. Se você não possui um PlayStation 3, compre o console e compre The Last of Us, será um dos melhores investimentos de entretenimento que você fará. Mesmo não sendo uma análise propriamente dita, The Last of Us merece a imagem abaixo.

Nota 100